Brasil Decide Liberar Importacao De Feijao

TARIFA DE IMPORTAÇÃO DO FEIJÃO É ZERADA POR 90 DIAS

Nesta quinta-feira, foi aprovada pela CAMEX (Câmara de Comercio Exterior) a isenção de alíquota de importação de feijão, de qualquer país, por 90 dias. Atualmente pela regra, países de fora do Mercosul pagam 10% na Tarifa Externa Comum.

De acordo com nota divulgada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a decisão foi tomada diante da “alta do preço do feijão no mercado interno, sobretudo o carioca, por causa de problemas climáticos”.

Na região Centro-Sul do país, houve queda acentuada na produtividade das lavouras, em relação ao ano passado, especialmente em Mato Grosso (39,1%), Goiás (23,4%), Paraná (17%) e Minas Gerais (9,2%).

Segundo o ministro Blairo Maggi, com a alíquota zero para países fora do Mercosul, o Brasil vai ampliar as opções de importação do produto para aumentar a oferta no mercado interno e reduzir os preços.

Como países do Mercosul já tem a alíquota zerada, a decisão beneficia acordos com fornecedores como China, EUA, Etiópia e Canadá, que estão entre os maiores exportadores mundiais.

Deixe uma resposta